• (31) 3846-5745
  • atendimento@fgpa.org.br
Um novo tempo! Um novo site.

Recheado de conteúdo e atualizado frequentemente.

Lançamos nosso novo site. Recheado de conteúdo e atualizado frequentemente.

A FGPA está em constante evolução. Nosso objetivo é sempre oferecer o melhor serviço e atendimento ao público. Para manter está premissa lançamos nosso novo site. Recheado de conteúdo e atualizado frequentemente.

Um novo tempo! Um novo site.

Recheado de conteúdo e atualizado frequentemente.

Lançamos nosso novo site. Recheado de conteúdo e atualizado frequentemente.

A FGPA está em constante evolução. Nosso objetivo é sempre oferecer o melhor serviço e atendimento ao público. Para manter está premissa lançamos nosso novo site. Recheado de conteúdo e atualizado frequentemente.

previous arrow
next arrow
Slider

Projeto de Responsabilidade Social

19ª SEMANA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 10ª DE EXTENSÃO DO UNILESTE

A 19ª Semana de Iniciação Científica e 10ª Semana de Extensão do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste), que ocorreu, simultaneamente, nos dois campi da instituição, contaram com a participação de profissionais, pesquisadores, comunidade acadêmica e civil do Vale do Aço e diversas associações e entidades entre os dias 21 e 23 de novembro de 2018 com o tema: “A educação e a ciência como formas de superação de violências”. O evento foi organizado pela Coordenação de Pesquisa, Iniciação Científica e Extensão, assessorada pelo Comitê Assessor de Pesquisa e Extensão (CAPE) do Unileste, com apoio da Fundação Geraldo Perlingeiro Abreu (FGPA) e a Fundação de Amparo a Pesquisa de Minas Gerais – FAPEMIG. O evento incluiu atividades como palestras, mesas-redondas, minicursos, apresentações culturais e apresentações de trabalhos nas categorias orais e pôsteres. Este ano uma grande novidade foi o lançamento do “Prêmio Dom Lelis Lara” para os melhores trabalhos com temas afim ao tema da edição.   Ao todo foram 328 inscrições e 210 trabalhos submetidos. O principal objetivo, em sintonia com a campanha da Fraternidade de 2018, foi abordar temas associados às diversas formas de violências e divulgar os resultados obtidos com os trabalhos de iniciação científica e extensão do Unileste, promovendo o intercâmbio de conhecimentos, assim como o envolvimento da comunidade, reforçando a importância da tríade ensino, pesquisa e extensão. O evento constituiu uma oportunidade significativa para a troca de experiências e conhecimento entre pesquisadores, instituições de ensino, entidades sociais, empresas e profissionais. De acordo com Gabriela von Rückert Heleno, coordenadora da Pesquisa, Iniciação Científica e Extensão do Unileste, a abertura aconteceu na quarta-feira (21), no Teatro João Paulo II (Campus de Coronel Fabriciano), que após da palavra do reitor contou com uma apresentação cultural elaborada e conduzida pelos alunos dos cursos de comunicação e do projeto de extensão Teatro Universitário (Radionovela: Os segredos de Santa Fé), seguida da palestra tema do evento realizada pelo professor Dr. Robson Sávio dos Reis da PUC-MG. A cerimônia foi transmitida ao vivo para o Auditório Dom Lara do Campus de Ipatinga e contou com a participação remota dos espectadores via ferramenta on-line do Google Apresentações. A palestra trouxe reflexões e dados importantes sobre as diversas formas de violência, especialmente aquelas relacionadas com o não atendimento da população aos direitos humanos básicos como educação e segurança e enfatizou que os números elevados de violências no país, como homicídios, não estão distribuídos de forma homogênea ao longo do território e muito menos entre as classes sociais, seja por renda, seja por gênero ou raça. Além disso, a palestra enfatizou a importância da educação e da ciência na construção de conhecimentos e práticas para o enfretamento das violências e finalizou com exemplos de ações realizadas pela comunidade acadêmica do Unileste. Ao longo dos dias do evento, foram mais de 40 salas com apresentações orais e mais de 15 minicursos. O evento encerrou com a mesa-redonda sobre o “Panorama das Violências no Vale do Aço” e a cerimônia de premiação, que teve como trabalho vencedor “O método de execução penal APAC: suas implicações na subjetividade dos recuperandos” da aluna do curso de Psicologia Laila Cristina dos Santos Crispim, com co-autoria de Isabelle Matos Espírito Santo Cavoli e do professor Antônio Honório Ferreira.

Centro de Cultura e Memória Dom Lelis Lara

A FGPA, em parceria com o Unileste e Usiminas, gerenciou toda a proposta da construção do CENTRO DE CULTURA E MEMÓRIA DOM LELIS LARA, que será edificado no campus do Centro Universitário, em Coronel Fabriciano. As ações tive- ram início com a idealização e contratação do Projeto Arqui- tetônico. Em seguida, o projeto foi formatado de acordo com os critérios exigidos para ser encaminhado à Secretaria de Estado de Cultura (SEC/MG), com vistas a captação de verbavia Lei Estadual de Incentivo à Cultura n. 17.615 de 4 de julho de 2008. A FGPA considera uma homenagem mais do que justa e merecida a Dom Lelis Lara, que dedica e dispensa todo o seu tempo, atenção e carinho para as comunidades onde está inserido.

FGPA patrocina alimentação para alunos carentes - CURSOS PROFISSIONALIZANTES

A FGPA é parceira do Unileste e da Fundação Comunitária Fabricianense (Funcelfa) no desenvolvimento do projeto de extensão que oferta cursos de Soldagem e Tornearia Mecânica para jovens carentes. Durante o ano de 2011, a FGPA deu sua contribuição com o fornecimento de lanches para todos os alunos participantes.

Cada curso oferecido possui carga horária de 300 horas e 20 alunos por turma.

Nas fotos acima pode-se comprovar o empenho dos alunos para obter o maior aproveitamento possível durante os cursos.
Dia 17 de junho de 2011 foi realizada a cerimônia de entrega de diplomas para os alunos formandos das turmas de SOLDA e TORNEARIA MECÂNICA – 1o /2011 – A entrega dos diplomas foi feita pela Pró-Reitora Acadêmica do Unileste, Dra. Ana Marta Aparecida de Souza Inez.